Fast Fast Forward

Vamos falar de... preço

Por

Como em qualquer discussão sobre as condições de mercado após uma série de catástrofes, estamos conscientes do enorme sofrimento, incluindo perda de vidas, que esses eventos trouxeram. As nossas equipes de sinistro e de engenharia de risco estão trabalhando incansavelmente para ajudar pessoas, empresas e comunidades a se recuperarem desses trágicos acontecimentos. Descreveremos esses esforços com mais detalhes nas próximas semanas.

O objetivo deste artigo é dar uma visão geral da dinâmica de mercado que atualmente preocupa o setor de seguros/resseguros após as perdas das catástrofes de 2017. Os tópicos estão baseados principalmente nos fundamentos do mercado global de seguros/resseguros e no papel dos mercados de capitais em nosso setor.

As implicações desses desastres recentes no setor de seguros/resseguros estão começando a entrar em discussão. A seguir a nossa opinião.


Nossa matéria prima

A dinâmica é conhecida: quando há uma alteração no fornecimento de uma matéria prima essencial, as condições existentes de mercado podem ser alteradas e, geralmente, todos os clientes são afetados.

Os neozelandeses, por exemplo, enfrentam atualmente escassez de batatas, após chuvas torrenciais terem destruído cerca de 30% das plantações do país. Os comerciantes já estão avisando os consumidores sobre a iminente escassez de chips de batata frita e sobre o choque nos preços. A cabeça e o estômago estremecem.

Resseguro/seguro não é diferente. No nosso setor, a matéria prima mais importante é oferecer capacidade de subscrição em um mercado global. E quando os custos associados ao fornecimento dessa capacidade mudam, os clientes no mundo todo podem esperar ser afetados. E isso não depende de se foram ou não diretamente atingidos por algo como os três furacões de categoria 4 a 5 que assolaram o Caribe, os Estados Unidos em rápida sucessão, ou a série de terremotos devastadores no México. E sem citar outros vários eventos no mundo todo, incluindo catástrofes como tufões, incêndios, tornados e chuvas de granizo.

Nossos modelos de catástrofe antecipam eventos extremos – mesmo que a variabilidade de suas estimativas sobre um evento específico possa ser grande. Nossa cobertura, incluindo resseguro e bônus catástrofe, atuou conforme o esperado diante dos recentes furacões e terremotos. Hoje estamos em uma posição sólida, resolvendo as necessidades de risco de nossos clientes.

Mesmo assim, os furacões Harvey, Irma e Maria (HIM) e o terremoto mexicano – juntamente com o ciclone Debbie na Austrália, o tufão Hato no sudoeste da Ásia e o furacão Ofélia na Irlanda, sem citar outras catástrofes e eventos de grandes perdas em 2017 – afetaram o setor. Embora os danos ainda estejam sendo apurados, as perdas seguradas pelo setor relativas aos HIM, por exemplo, estão estimadas entre US$ 75 a 100 bilhões.


Vamos fazer as contas

As perdas seguradas que nós e outras seguradoras/resseguradoras pagamos e pagaremos são apenas parte da história. O contexto mais amplo inclui:

Um mercado que tem estado com preço baixo por muitos anos, especialmente nas linhas de curto prazo. Atualmente, as margens são apertadas.

+

Os custos de resseguro são cada vez mais movidos pelo capital alternativo; esses investidores apoiarão o mercado após os eventos, mas também demandam altos retornos no futuro.

+

Como resultado desses eventos, os lucros esperados pelos acionistas de seguradoras/resseguradoras expostas a catástrofe somente aumentarão.

=

É provável que as conversas com seguradoras e clientes na renovação tenham uma dinâmica diferente comparadas ao último ano.

Diversos provedores de cobertura de retrocessão – o resseguro do resseguro – estarão pagando sinistros incorridos nas catástrofes recentes. E como essas perdas reduzem seus capitais, e o suprimento se torna mais restrito, os prêmios para essa cobertura provavelmente aumentarão. E esses aumentos de prêmios, naturalmente, começam a afetar o capital das resseguradoras. E assim por diante. Isso significa que um comprador de seguro sem exposição às catástrofes recentes provavelmente sentirá o efeito desta restrição de capital em um ponto superior da cadeia.

Do nosso ponto de vista, acreditamos que a mudança no mercado está assegurada. Do mesmo modo que nosso CEO Mike McGavick, em recente anúncio de ganhos, acreditamos que veremos melhora nos prêmios. O risco mundial é hoje absolutamente diferente do que era antes desses eventos. O custo de cobrir risco mudou. Como resultado, é completamente razoável esperar que o prêmio seja mais realista e mais sustentável. A mudança deve ser adequada para cada perfil de empresa e para cada risco de cliente. Nós não adotaremos em nossas conversas uma abordagem única para todos. Cada risco de cliente e relacionamento comercial serão considerados na renovação. Mas temos certeza de que a mudança está assegurada, e é provável que evolua positivamente ao longo do tempo.


Prosseguindo

Contudo, o que foi dito acima não deve ser interpretado como uma sugestão de que discussões sobre renovação estarão focadas exclusivamente no preço. Nossas equipes de subscrição, sinistros, preços e análise são altamente experientes. Nosso objetivo, como sempre, é elaborar soluções com boa relação custo-benefício para gerenciar e mitigar riscos, ao mesmo tempo em que satisfazemos as expectativas de lucros que nós e nossos acionistas precisamos para manter um mercado de seguros sustentável em um mundo onde eventos climáticos incomuns e extremos são prováveis.

Neste mercado em evolução, isso significa que nossos especialistas trabalharão em relação estreita com clientes e corretoras para personalizar estruturas de programas rentáveis. Isso inclui abordagens criativas para retenções, sublimites e exclusões para garantir que nossas apólices cubram adequadamente o risco.

Em última análise, quero enfatizar que após esses eventos desafiadores, o compromisso da XL Catlin com seus clientes é imutável. Nós já pagamos centenas de milhões em sinistros para ajudar as empresas afetadas pelo HIM a retomarem seus negócios e permanecemos com uma posição sólida para solucionar as necessidades de risco dos clientes no mundo todo.

Copyright 1996-2018  XL Group Ltd All Rights Reserved

XL usa duas formas de cookies neste site:

  1. para permitir que o site funcione e memorize suas preferências; e
  2. para estatísticas que tornam o site mais relevante e fácil de usar.

Esses cookies não armazenam informações pessoais. Para mais informações sobre o uso de cookies em nosso site, por favor clique aqui. De acordo com a legislação da União Europeia, você deve consentir com o uso de cookies.

Ao usar este site, você concorda com a instalação de cookies em seu aparelho. Se você optar por mudar suas configurações de cookies, você verá esta mesma mensagem em sua próxima visita.