Fast Fast Forward

Vamos conversar... Joan Lamm-Tennant

LetsTalkJoanLammTennant500x308

By

Joan Lamm-Tennant é Diretora Executiva da Blue Marble Microinsurance, um consórcio de oito empresas, incluindo a XL Catlin, que está colaborando para trazer proteção financeira à população menos favorecida em mercados emergentes. Antes de juntar-se à Blue Marble, Joan foi Diretora Econômica Global e Estrategista de Riscos da Guy Carpenter & Co. L.L.C., a unidade de consultoria de resseguro e riscos da Marsh & McLennan Companies. Sua experiência profissional inclui várias funções executivas no setor de seguros e uma carreira como professora titular. Atualmente, Joan mantém sua presença acadêmica como Pesquisadora Sênior na Wharton School da University of Pennsylvania.

Como a Blue Marble surgiu?

Tenho que dar um crédito para minha filha Lauren Tennant Pollock (que entrou para a XL Catlin em 2016 como Vice-presidente de Mercados Emergentes). Ela estudou desenvolvimento e microcrédito na Escola de Relações Internacionais da Universidade . Lauren e eu conversamos sobre como acelerar o desenvolvimento por meio do seguro, e a ideia de formar um consórcio para desenvolver um mercado de microsseguros surgiu como uma solução interessante. O microsseguro já fora utilizado antes, mas o desafio é fazê-lo de forma sustentável e escalonável. Em 2012, falei sobre a Blue Marble com Brian Duperreault, na época CEO da Marsh & McLennan Companies,  e ele apoiou nossa ideia. A criação de valor compartilhado por meio de consórcio e microsseguro foram de grande interesse para meus alunos de graduação em Wharton, que contribuíram com suas ideias para o modelo de negócio da Blue Marble. Em última instância, a Blue Marble surgiu a partir do trabalho duro de acadêmicos, estudiosos e de algumas lendas do setor de seguros, incluindo Mike McGavick, da XL Catlin. Enquanto nosso modelo de negócio tomava forma, outras empresas ficaram interessadas no que estávamos fazendo e o consórcio foi criado no início de 2015. Nós nos mantivemos comprometidos com a missão de criar um mercado de microsseguros ao longo do processo de evolução da Blue Marble.

A Blue Marble recentemente anunciou que está liderando seu primeiro empreendimento. Por que a Blue Marble escolheu o Zimbábue para isso?

Nosso projeto piloto está fornecendo proteção contra a seca para pequenos produtores de milho. O milho é a principal cultura em muitas partes do mundo em desenvolvimento e nosso consórcio possui vasta experiência em agricultura. O programa piloto está usando a licença da Old Mutual, uma seguradora líder na África, e a equipe que lançou o empreendimento é a melhor das melhores quando o assunto é seguro de riscos agrícolas. O Zimbábue foi a escolha certa para nosso projeto piloto, pois pouquíssimos trabalhos como este foram feitos por lá. Empreendimentos com apoio estrangeiro cometeram erros em muitos mercados emergentes, mas não no Zimbábue. Descobrimos que as pessoas do Zimbábue são muito resilientes, corajosas e qualificadas. Nosso modelo na Blue Marble é idealizar, acelerar, pilotar e, em seguida, escalonar empreendimentos de microsseguros. Passamos um ano idealizando e acelerando o empreendimento no Zimbabwe e nossa diretoria aprovou o plano de negócios no início de 2016. Agora estamos na fase de execução.

Como está funcionando o piloto no Zimbábue?

O Zimbábue possui um milhão de pequenos agricultores de milho e a seca é o maior risco para eles. A mudança climática antecipou o início da estação de crescimento para novembro. Nosso projeto oferece proteção contra a seca fornecendo seguro aos fazendeiros pela perda de sementes, fertilizantes e herbicidas. A tecnologia tem um papel importante no nosso programa piloto. Instalamos sensores no solo e usamos dados de satélite para alertar os agricultores sobre a época ideal para o plantio de suas sementes, o uso de fertilizantes, entre outros, assim que a estação das chuvas começa. Uma peça crucial no quebra-cabeça financeiro é um índice que desenvolvemos e que cobre a temporada de crescimento da planta. Desenvolvemos um produto de microsseguro, conseguimos licenciá-lo junto aos reguladores e providenciamos o resseguro. Esse resultado não seria possível sem a dedicação da equipe do empreendimento, que incluiu pessoas de destaque de muitas das empresas do consórcio, incluindo a XL Catlin. Sobre esse tópico, gostaria de agradecer Tom Philp, Analista Científico na XL Catlin, por suas análises usadas no projeto do índice, bem como viabilizar a comunidade de especialistas em Risco Climático da Blue Marble e Scott Swanay, AVP & Atuário da Multinational Casualty Insurance na XL Catlin, por seu trabalho de especificação e validação da proposta do cliente. Embora não estejamos segurando rendimentos no Zimbábue, faremos seguros de rendimentos agrícolas em mercados mais estáveis. Nossa meta é lançar 10 empreendimentos em 10 anos. Já estamos pesquisando vários outros empreendimentos e obras em outros países africanos.

Um artigo recente publicado pela Bloomberg Businessweek, intitulado “Projetado em Davos, Testado no Zimbábue”, faz uma descrição mais detalhada do piloto.

Quais os principais pontos para tornar um microsseguro sustentável?

Nossa meta é ter um impacto positivo por meio do desenvolvimento de um mercado sustentável. A maioria dos microsseguros hoje é voltado para o crédito, mas há pouca evidência que estejam tendo um impacto além da oferta temporária de acesso ao crédito. O diferencial da Blue Marble é nosso modelo de negócio: um consórcio com uma abordagem de criação de valor compartilhado. Estamos buscando oportunidades que gerem impacto social significativo, bem como retorno financeiro. Em última instância, nossa meta é que os retornos financeiros derivados dos pilotos financiem os próximos pilotos e as inovações necessárias para o escalonamento. Manteremos uma carteira de empreendimentos diversificados em termos de região e, assim, administraremos nossos riscos e criaremos mecanismos de aprendizagem cruzada para orientar a escalabilidade. Estamos buscando construir um volume substancial de negócios e fortalecer economicamente a população menos favorecida, que irá, em última instância, tornar-se um grupo de clientes de seguros tradicionais.

Copyright 1996-2017  XL Group Ltd All Rights Reserved

XL usa duas formas de cookies neste site:

  1. para permitir que o site funcione e memorize suas preferências; e
  2. para estatísticas que tornam o site mais relevante e fácil de usar.

Esses cookies não armazenam informações pessoais. Para mais informações sobre o uso de cookies em nosso site, por favor clique aqui. De acordo com a legislação da União Europeia, você deve consentir com o uso de cookies.

Ao usar este site, você concorda com a instalação de cookies em seu aparelho. Se você optar por mudar suas configurações de cookies, você verá esta mesma mensagem em sua próxima visita.